paulaGraduada em Letras, com mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2001) e doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2005). Atualmente é professora adjunta do Departamento de Letras Anglo-Germânicas e coordenadora do Programa Interdisciplinar de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foi presidente da Associação de Lingüística Aplicada do Brasil (ALAB) no biênio 2009-2011. Tem experiência na área de Linguística Aplicada, com ênfase em Formação de Professores e seus interesses de pesquisa incluem: ensino-aprendizagem de LE (língua estrangeira), formação de professores, ensino de LE para fins específicos e gêneros discursivos no ensino de LE. Atua na coordenação geral do Projeto PLIEP.


anapaulaMestre (2003) e doutora (2009) em Estudos da Linguagem pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e graduada (1998) em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP-Assis/SP). Tem experiência na área de Linguística Aplicada, com ênfase em ensino-aprendizagem e formação de professores de línguas estrangeiras, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino-aprendizagem de língua estrangeira, língua para fins específicos, desenvolvimento da escrita em LE, gênero textual, produção de material didática (sequência didática em torno de gêneros textuais). Parecerista das revistas Signum (UEL), Revista X (UFPR) e l@el em (dis-)curso (PUC-SP). É integrante do grupo de pesquisa Linguagem e Educação (UEL). Com experiência em todos os níveis de ensino, atualmente, é professora adjunta de língua inglesa no Departamento de Anglo-Germânicas na UFRJ. Atua na coordenação geral do Projeto PLIEP.

danuse

 

Danuse Pereira Vieira é mestre em Linguística Aplicada pelo programa Interdisciplinar de Linguística Aplicada da UFRJ onde apresentou a dissertação "Laços com a escrita: o traço que tece sentidos nas aulas de História - Um estudo sobre a língua escrita como ferramenta no desenvolvimento do aprendiz". Leciona Língua Portuguesa na rede estadual e municipal de ensino (RJ). Também atua em instituições particulares. Seu foco principal de pesquisa é o uso do par leitura↔escrita como instrumento de apropriação e de construção de conhecimento. É coordenadora do Projeto PLIEP junto à Escola Municipal Rodrigo Otávio e ao Colégio Estadual Prefeito Mendes de Moraes.  

margarida

  

Margarida Maria Calafate dos Santos é mestre em Linguística Aplicada pelo Programa Interdisciplinar de Linguística Aplicada da UFRJ e professora da rede pública do município do Rio de Janeiro. Seu foco principal de pesquisa é a linguagem, o professor e o uso das novas tecnologias na escola pública. Atuou na área de alfabetização do ensino fundamental e de coordenação de turno da rede pública municipal, onde é professora de Inglês. É coordenadora do Projeto PLIEP junto à Escola Municipal Dilermando Cruz.